29 de jul de 2010

Quarta etapa do O-Ringen


A quarta etapa do O-Ringen Elitserien encontrou o seu herói no sueco de 19 anos de idade, que já encontra o seu caminho na elite mundial, enquanto continua sendo um júnior. Que ele é um atleta excepcional, Johan Runesson mostrou já há dois anos, levando três medalhas de ouro das 4 disponíveis no Junior World Orienteering Championships, na idade de apenas 17 anos.


"Foi uma corrida muito difícil" foram as primeiras palavras de Runesson quando pediram para comentar a sua façanha de hoje. Palavras que todo mundo podia ler em seu rosto quando deitou-se após a linha de chegada, o corpo na lama, tentando encontrar um pouco de ar para respirar. "Eu não esperava este resultado durante a corrida! Tive alguns pequenos erros, mas estava correndo muito rápido. Eu sabia que Daniel Hubmann tinha saído dois minutos depois de mim, e esperava ser pego por ele. Eu comecei a perceber que era uma boa corrida, quando vi que ele ainda não tinha feito isso. Ouvi então no último ponto que estava na liderança e no sprint até a linha de chegada foi uma sensação realmente agradável ..." A chegada de David Andersson foi menos espetacular, mas o sprint final foi dramático: Andersson bateu Runesson com apenas dois segundos de vantagem. No entanto, foi Runesson que todos os microfones procuraram.


"O início era íngreme, com muita subida e descida", explicou mais Runesson . "Eu vi que esta parte era a única com esse tipo de elevações, então eu pensei que deveria fazer o máximo nas subidas. Eu tentei manter a calma e usar muito minha bússola. Após 5-6 pontos me senti muito bem e todos os controles estavam exatamente onde eu queria que estivessem. Então, nós mudamos para uma parte mais plana, com áreas abertas e pântanos. Eu decidi ficar o mais próximo possível da linha vermelha, verificando com frequência a bússola. Eu realmente tentei estar sempre um passo à frente". "Não parecia tão difícil no mapa, mas tivemos alguns pontos muito complicado", completou o 3º colocado Oleksandr Kratov, que terminou apenas 15 segundos atrás Andersson e Runesson naquele percurso de 8 km, seguido por Daniel Hubmann 10 segundos depois. "Era um terreno muito interessante. Minha corrida foi legal, eu não cometi tantos erros assim, exceto em 30 segundos que perdi perto do final". Estes três homens estão, na verdade, partilhando o pódio do ranking geral atual do O-Ringen Elitserien: David Andersson lidera com 2'20" sobre Oleksandr Kratov e 3'30" sobre o jovem Johan Runesson. Líder até hoje, Peter Öberg não correu nesta etapa. O resultado final será decidido amanhã numa etapa de perseguição. Será uma grande disputa pelo pódio e por melhores colocações.

Resultado homens
1 David Andersson Sverige 43:43
2 Johan Runesson Sverige 43:45
3 Oleksandr Kratov Sverige 44:05
4 Daniel Hubmann Schweiz 44:15
5 Valentin Novikov Ryssland 44:55

Resultado geral homens
1 David Andersson Malungs OK Skogsmårdarna Sverige 165:18
2 Oleksandr Kratov Orienteringsklubben Orion Sverige 167:38
3 Johan Runesson Orienteringsklubben Tisaren Sverige 170:47
4 Mattias Millinger Orienteringsklubben Linné Sverige 170:57
5 Erik Rost Malungs OK Skogsmårdarna Sverige 171:09
6 Daniel Hubmann Kristiansand OK Schweiz 172:21
7 Fabian Hertner Kalevan Rasti Schweiz 172:29
8 Mattias Karlsson Halden SK Norge 174:40
9 Henrik Löfås Orienteringsklubben Linné Sverige 176:01
10 Ola Martner Göteborg/Majorna OK Sverige 177:47


"Parabéns, você é a vencedora desta etapa", anunciou o locutor a Simone Niggli-Luder alguns minutos antes. "Oh não, eu não acredito", respondeu Niggli. "Eu não fiz uma boa corrida, eu realmente acredito que podia fazer melhor..." Ela, porém, teve de admitir que se enganou nessa suposição. Talvez pela falta de concorrência com a ausência de Helena Jansson, Simone Niggli teve a vitória sobre Eva Jurenikova por exatamente um minuto. Lina Persson chegou 30" atrás de Jurenikova. Os resultados da classificação geral parecem bastante estáveis nessa categoria, exceto ocorram grandes perdas de tempo amanhã. A vantagem de Niggli para Jurenikova atinge impressionantes 10'30" , enquanto Signe Söes está a 5'07" do 2º lugar.

Os participantes vão competir amanhã em um terreno que quase toca no centro de eventos do O-Ringen, pela primeira vez após quatro etapas com cerca de 40 minutos para cada uma. Até então, cada um vai tentar conseguir alguma roupa seca novamente. Hoje, a chuva transformou o terreno, rostos, corpos e mapas em campos de lama.

Resultado mulheres
1 Simone Niggli-Luder Ulricehamns Orienteringsklubb Schweiz 37:42 (1) 143:45
2 Eva Jurenikova Domnarvets Gymnastik o Sverige 38:43 (2) 154:14
3 Lina Persson Kristiansands OK Sverige 39:12 (4) 161:12

Grato pelos comentários e fotos do Ultimate Orienteering.

Nenhum comentário:

Postar um comentário