20 de ago de 2011

Revezamento do WOC2011

DSC_7074

- Eu disse antes deste Campeonato Mundial que se pudesse ter apenas uma medalha de ouro, gostaria que fosse no revezamento.


Esta foi a quarta vez seguida que Thierry esteve liderando a perna final do revezamento do WOC para a França - mas foi a primeira vez que teve sucesso.

O revezamento masculino começou com tradicionais equipes à frente, mas seguidas de perto pelas demais equipes (cerca de 10 equipes dentro de dois minutos). O Francês Felipe Adamski foi muito bem, passou em terceiro lugar na primeira perna. Suécia, Noruega, França e Itália estavam juntas na última parte da segunda perna.

François Gonon passou em segundo para Thierry Gueorgiou, com grande torcida aplaudindo. E Thierry abriu 4 minutos de vantagem à frente, vencendo o revezamento pela primeira vez para a França, com grande comemoração na chegada. Na segunda posição, Olav Lundanes da Noruega errou no ponto 17 e o sueco David Andersson encostou, lutando pela medalha de prata, mas acabou ficando com o bronze por 9 segundos.

Daniel Hubmann fez ótima corrida, após sair 3 minutos atrás dos líderes, fechou em quarto lugar para a Suíça, a 30 segundos do terceiro.

DSC_6870

Minna Kauppi assegurou a medalha de ouro para a Finlândia, depois de um revezamento emocionante! A liderança mudou incontáveis vezes durante a última perna. Em determinado ponto parecia que Marianne Andersen tinha o ouro para a Noruega. Estonia também teve seu tempo de liderança, então Suíça, República Tcheca e Suécia também...

A prova de revezamento feminino também foi bastante emocionante, com várias trocas de posição durante a prova, e especialmente na última perna. A campeã da distância média, a sueca Helena Jansson, cometeu um erro grande na primeira perna, deixando de abrir vantagem para sua equipe.

A disputa seguiu entre República Tcheca, Finlândia, Noruega, Suécia e Suíça, mas nada estava definido até a última perna. Dessas equipes, a finlandeza Minna Kauppi cometeu um erro no ponto 2 e ficou para trás, no oitavo lugar, mas foi recuperando posição até a última parte do percurso, onde República Tcheca, Suécia, Suíça e Noruega ainda passaram na frente. Mas após alguns erros acompanhados no telão pelo ratreamento de GPS, todas as posições foram mudando.
tracklast

A norueguesa Marianne Andersen chegou a liderar, com a Suíça Rachel Friederich perto, mas as duas erraram, e quem chegou à frente na entrada da arena de chegada foi Minna Kauppi, com a Tcheca Dana Brozkova e a sueca Annika Billstam marcando o ponto juntas. O final foi disputado na corrida, mas Minna não deixou a quarta medalha de ouro em revezamento escapar, após sua excelente corrida de recuperação .

Nenhum comentário:

Postar um comentário