4 de mai de 2011

Manual do Jovem Orientista - Dica nr 6

Dica no 6: Faça parte de um clube de orientação.

O clube é a entidade fundamental da orientação. Podemos aprender orientação numa escola, mas o clube é o local onde a prática do esporte é mais facilitada. O modelo básico de clube é uma sede qualquer que pode reunir os orientistas de determinado local com o objetivo comum de participarem de eventos de orientação, criando oportunidades para que os iniciantes aprendam o esporte e que os experientes façam treinamentos para desenvolver mais suas habilidades. Além de proporcionar oportunidades de aprendizado e treinamento, o clube é o vínculo com a federação estadual e com a Confederação Brasileira para competições regionais e nacionais. Para segurança dos atletas e correto entendimento dos princípios e regulamentos do esporte e seus laços com a educação ambiental, a CBO instituiu a instrução mínima, que só um clube de orientação consegue efetivamente ministrar e atualizar.

O clube deve ter o material básico para a preparação de treinamentos e até para sediar seus próprios eventos de orientação. É necessário investimento para formação de um bom clube, mas pelo bem comum é um investimento que ajuda a todos que participam. O clube de orientação pode ser um setor de um clube maior, mas sempre tem as mesmas características, sendo a principal delas proporcionar a prática regular do esporte a seus membros.

A confraternização entre os membros também é um fator importante, não só na realização de treinamentos, ou viagens para competições de orientação, mas também com eventos sociais que promovam o entrosamento entre as pessoas. É comum na orientação um treinamento que termina num churrasco simples e possibilita momentos de descontração, ampliando os laços de amizade.

Também é importante termos companheiros para o treinamento físico. A disputa entre os atletas do mesmo clube é um fator estimulante nos treinamentos. O treinamento de corrida sempre é mais forte quando feito em grupo, pois os que correm menos tentam acompanhar os que correm mais. Os que correm mais também são beneficiados, pois apesar de correr com mais facilidade, fazem um treinamento melhor do que quando estão sozinhos. Eu sempre corria em ritmo mais forte, com mais facilidade, quando tinha pelo menos mais um companheiro para correr junto, para ambos o fator psicológico era positivo. Esta é outra opção que se pode encontrar num clube ou outro grupo semelhante do qual o orientista participe para realizar seu treinamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário